side-area-logo

Com relação à troca de produtos temos uma politica especifica da empresa sobre este assunto.

Apesar do Código de Defesa do Consumidor (CDC) não prever a obrigatoriedade da troca de produtos em perfeitas condições, a troca de produtos é prática muito comum e se constitui numa cortesia da loja. Entendemos que esta acaba sendo uma eventual necessidade de nossos clientes e acreditamos que seja um aspecto importante para a consolidação desta nossa relação.

Outra situação que desobriga a troca pelo fornecedor é no caso de venda de produtos com pequenos defeitos ou avarias, que ensejam o abatimento do preço. A troca, nesse caso, não é obrigatória.

A troca dos produtos deve ser realizada, obrigatoriamente, nos casos em que se identificar a ocorrência de vícios (defeitos) que os tornem impróprios ou inadequados ao uso a que se destinam dentro do prazo de 90 (noventa) dias da data da compra.

Assim visando esclarecer nossos clientes ficam definidas as seguintes normas para a troca de produtos:

1. O prazo de troca é de 30 (trinta) dias a partir da data da compra.
2. A troca deverá ser realizada na unidade onde o produto foi adquirido.
3. Faz-se obrigatória a apresentação do cupom fiscal no momento da troca.
4. Caso o produto sofra alteração de preço e esteja no prazo de 30 dias para troca, será respeitado o preço pago pelo cliente e, portanto o valor que consta no cupom fiscal.
5. Para efetivação da troca o produto deverá estar em perfeito estado, com a etiqueta fixada no mesmo e sem nenhum indicio de ter sido utilizado.
6. Não será realizada a troca de produtos com defeitos ocasionados por utilização indevida.
7. Não serão aceitas trocas de produtos adquiridos em período de promoção ou liquidação e de bijuterias e outros acessórios.
8. Não serão aceitas trocas de produtos adquiridos na unidade de ponta de estoque (Outlet).

No caso de troca por defeito do produto

1. O prazo para reclamar de produtos com defeitos é de 90 (noventa) dias a partir da data da compra (Art. 26, II e 1º do CDC).
2. Não estão cobertos pela garantia defeitos/vícios ocasionados pela culpa exclusiva do consumidor ou de terceiros, como por exemplo, a má utilização do produto, conservação inadequada, desgaste natural e defeitos provocados por acidentes.
3. A troca do produto somente será efetuada após comprovado defeito no processo de fabricação ou nos materiais utilizados a partir de análise interna.4. O laudo será realizado através de análise do produto pela Roberto Oshiro Calçados em até no máximo 30 dias contados a partir do recebimento do processo para análise, conforme Art.18, 1º parágrafo do Código de Defesa do Consumidor.
5. Por se tratarem de produtos de moda e sazonais nem sempre será possível a troca por produto igual.
6. Após analisado e não sendo possível o conserto do produto, se a loja tiver o mesmo produto será dada uma nova peça para o cliente, se não houver esta disponibilidade o cliente poderá escolher outro produto do mesmo valor.
7. Uma vez não observados esses prazos, o consumidor perde o direito de reclamar pelos vícios no produto.